Cidade de Goiás (Goiás Velho): Roteiro e Dicas

Na região próxima à Brasília Goiânia não existem tantas opções para passeios e viagens. As pessoas costumam pegar um avião e ir para outros pontos do país para visitar roteiros turísticos mais famosos. Mas porque não aproveitar o que a região tem de bom? O ILoveTrip resolveu se aventurar pelo lindo cerrado da região Centro-Oeste do país, no Distrito Federal e Goiás, para conhecer o turismo rústico e pitoresco dessa parte do nosso Brasil. Para começar vamos falar da Cidade de Goiás ou mais conhecida como Goiás Velho e dar um mergulho na rica história que essa cidade oferece para todos os viajantes.

Quando você decidir que aqui é o seu lugar para a próxima viagem, confira dicas de onde ficar em Goiás Velho.

 

Sem a agitação de Piri, Goiás tem uma atmosfera bucólica. Suas ruas silenciosas e o seu casario colonial bem conservado convidam para longas e prazerosas caminhadas, sem roteiros pré-definidos. Feitas de pau a pique, sem muros ou grades e unidas umas às outras, as casas centenárias do centro histórico chamam a atenção de quem está acostumado com asfalto e arranha-céus.

O calçamento de pedra – construído com o suor e o sangue de escravos – e a arquitetura são testemunhas de outros tempos, iniciados com o bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva. Mais conhecido como Anhanguera, ele liderou um grupo de desbravadores do Brasil Central que capturavam índios e buscavam ouro para enriquecer os colonizadores portugueses.

Goiás cresceu às margens do Rio Vermelho, se tornando um dos primeiros municípios fundados no Brasil colonial. A cidade foi a capital do estado de Goiás por mais de 200 anos. Perdeu o posto com a inauguração de Goiânia, em 1933.

Um comentário em “Cidade de Goiás (Goiás Velho): Roteiro e Dicas”

Deixe uma resposta